sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Desafio Literário 2012 - janeiro - livro 2

Como água para chocolate
Autora: Laura Esquível
Editora: Martins Fontes
Ano: 2001
Páginas: 205
ISBN: 8533602197
Tradução: Olga Savary


"Às vezes chorava em vão, como quando Nacha picava cebola, mas como as duas sabiam a razão dessas lágrimas, não as levavam a sério. Inclusive, convertiam-se em motivo de divertimento, a tal ponto que durante a sua infância Tita não percebia muito bem a diferença entre as lágrimas de riso e as de choro. Para ela, rir era uma maneira de chorar."

Li muitas críticas positivas sobre esse livro, inclusive nas próprias resenhas do DL. Acho que foi um dos livros mais lidos do mês. Eu já tinha lido o meu livro "oficial", mas acabei decidindo ler esse também, justamente por causa dos comentários. E vou ter que discordar deles...

O livro não me agradou muito. Muitas pessoas disseram que acharam interessante o fato de cada capítulo ter início com uma receita. Teve alguém até que disse que ia tentar fazer uma... gente, peloamordedeus, essas receitas não são de verdade!!! 

Mas falando do livro propriamente dito. A história é muito fantasiosa, muito dramática, a meu ver. A leitura, pelo menos pra mim, se arrastou, e eu não via a hora de acabar. Não por eu estar empolgada e querer saber o final, mas pra me livrar logo. Quase abandonei no meio... E quando, finalmente, o final chegou, foi uma decepção. O último capítulo é muito louco e a narrativa ficou fora do contexto do resto do livro. Muito corrido, com um lapso temporal gigantesco, que não é dito logo no início, o que me gerou algumas dúvidas, como, por exemplo, quando é dito que Esperanza fez os convites do casamento. Fiquei me perguntando: como assim, ela é apenas um bebê?!?!? 

Mas, mesmo sem a obra ter me agradado muito, destaco a personagem central, Tita, uma mulher de muita fibra! Gostei dela e foi só por isso que levei a leitura até o fim. Queria saber qual seria o seu destino. Eu vi o filme há algum tempo mas, pra ser sincera, não me lembrava da história (vou até rever). Enfim, dos livros que li até agora em 2012 (seis, no total), esse foi sem dúvida, o que gostei menos. Ainda pretendo ler dois do tema desse mês, espero que dê tempo!

Nota: 3 (só por causa de Tita)

4 comentários:

mirtes disse...

Vi que esse livro estava na maioria das listas, mas sabe que não me chamou atenção? Nem mesmo fui atrás da sinopse.
Tem um outro que queria ler para o desafio, mas acabei não comprando... vai ficar para outra hora, porque agora não vai dar mais tempo (mtas coisas para fazer nesse fim de mês!) hehe

Bjs

Larissa Bohnenberger disse...

Pois é, essa foi a segunda crítica negativa que li sobre Como Água para Chocolate, hoje. Eu faço parte da maioria que adorou. E olha, as receitas são de verdade sim, quer dizer, pra nós, brasileiras e amadoras, talvez seja um pouco impossível de pôr em prática, mas para alguém que tenha fácil acesso aos produtos e que tenha real talento culinário...

Mas sou obrigada a concordar com você sobre o último capítulo. Ficou realmente perdido no tempo e no espaço, e aquele final para a personagem definitivamente não era o que eu desejava. Ainda assim achei que fez sentido com a proposta do livro!

Bjs!

Joana Moreira disse...

Concordo muito com você. A narrativa é confusa em relação ao tempo, as receitas são o maior quebra clímax do universo e todo o dramalhão da vida familiar e amorosa da Tita não me interessaram em nada. O leitura se arrastou demais para mim... O último capítulo é rídiculo e embora eu não desgoste do final dado a Tita e Pedro, achei que o capítulo ficou completamente deslocado do resto do livro. Confuso mesmo.

Beijos,
<a href="http://umlivroeumconto.pseudologia.com.br>Joana</a>

Larissa, Lara, Lalá, .... disse...

Eu preciso ler este livro, mas eu acho que vou adorar!!!

Postar um comentário